Os saques imediatos do FGTS vão até 31 de março.

Segundo o Ministério da Economia aproximadamente 15 milhões de reais ainda não foram sacados por trabalhadores de todo o país. De acordo com a Caixa Econômica Federal, até 9 de março foram pagos mais de 27,8 bilhões de reais do saque imediato do FGTS para quase 60 milhões de trabalhadores.

 

O superintendente da Rede da Caixa em Porto Alegre Ricardo Bier Troglio, comemora a ajuda da tecnologia na agilidade dos saques:

“Nós percebemos um número de pessoas menor nas agências porque elas buscaram o atendimento digital, e também porque a Caixa implementou a simplificação na hora do pagamento, em especial os pagamentos nas casas lotéricas onde os trabalhadores puderam ir diretamente apresentando apenas CPF e identidade para retirar até R$100,00. Para retirar acima de R$100,00 além da identidade, precisaram apresentar apenas a senha do cartão cidadão.”

 

Ele avalia como positiva a medida, que injetou mais dinheiro no comercio varejista. A expectativa do superintendente é que o movimento de pessoas em busca de saques aumente até o fim do mês devido ao término do prazo.

 

Ricardo orienta quem ainda não realizou o saque do FGTS:

“A maneira mais simples é entrar no site  do FGTS (http://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts) ou baixar o aplicativo do FGTS, e ali, apenas com o CPF, data de nascimento ou número do PIS, o trabalhador vai obter a informação se tem direito a realizar o saque, qual o valor e como pode receber.”

Além disso os trabalhadores também podem procurar uma agência da Caixa com documento de identidade e carteira de trabalho.

 

FONTE: ACAERT