Apesar de somar apenas um ponto em três jogos e, no próximo domingo, ter o líder do Campeonato Brasileiro pela frente, às 11h, na Arena Condá, o técnico da Chapecoense, Marquinhos Santos, não perde a esperança.

 

- No Coritiba em 2014 era virtualmente rebaixado, tivemos um começo árduo e depois o time deslanchou. Aqui não temos nenhum vagabundo, nenhum maloqueiro. São todos jogadores que tem muita honra. Eu acredito nesse grupo de guerreiros – disse.

 

O treinador insistiu que, mesmo na derrota em casa para o Corinthians, por 1 a 0, nesta quarta-feira, o time mostrou evolução. Marquinhos Santos disse que o time atacou mas dos que nas partidas contra o Inter e Athletico-PR.

 

- O time mostrou um bom volume de jogo. Temos ainda oito jogos em casa. Estamos muito perto da primeira vitória - disse.

 

O que ele reconheceu que precisa melhorar é nos lances de bola parada. Os gols das vitórias do Inter e do Corinthians tiveram origem nesse tipo de jogada.

 

O comandante da Chapecoense aproveitou para elogiar a postura do torcedor que, mesmo com chuva forte no horário do jogo, compareceu para apoiar o time.

 

Ele espera esse apoio novamente diante do Flamengo, no domingo. Para esta partida ele não poderá contar com Bruno Pacheco e Eduardo, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Mas terá a volta de suspensão do volante Elicarlos.

 

A Chapecoense tem 15 pontos e está a sete do Fluminense, primeiro time fora do Z-4.

 

FONTE: Nsctotal.com.br