A prefeitura de Balneário Camboriú, no Litoral Norte, anunciou na noite de quinta-feira (19) que a tradicional queima de fogos durante o réveillon está cancelada. A informação foi divulgada pelo prefeito Fabrício Oliveira (Podemos).

 

O cancelamento do espetáculo, um dos mais famosos de Santa Catarina, ocorre por causa do aumento de casos de Covid-19 na região. A cidade soma 10.222 casos e 97 mortes, segundo o balanço divulgado na noite de quinta pelo governo do Estado.

 

Na última semana, Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) também havia enviado ao município uma recomendação para suspender o evento por conta das aglomerações. Na festa de "Réveillon 2020", mais de um milhão de pessoas participaram.

 

"Nós temos uma projeção para os próximos dias de que o grau de risco da região que no primeiro momento estava alto, passou a grave e, pelas projeções e números que tem a região, vai passar para o gravíssimo na próxima semana", afirmou Fabrício durante um vídeo em uma rede social.

 

Covid-19 no Estado

 

Na quinta-feira, Santa Catarina chegou a 311.393 casos confirmados de coronavírus, com 3.405 mortes, segundo o boletim do governo estadual. Esses números colocam o território catarinense em quinto lugar no Brasil em relação aos estado com mais pacientes infectados desde o início da pandemia, de acordo com os números do Ministério da Saúde.

 

Santa Catarina tem três regiões em risco gravíssimo para Covid-19. Segundo atualização da matriz de alerta do novo coronavírus divulgada na quarta-feira (18) pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), a região de Balneário Camboriú é classificada como grave.

 

Mapa de risco atualizado em 18 de novembro — Foto: Secretaria de Estado de Saúde/Divulgação

 

Mapa de risco atualizado em 18 de novembro — Foto: Secretaria de Estado de Saúde/Divulgação

 

FONTE:  g1.globo.com/sc