O colágeno é uma proteína de origem animal, que possui como função no organismo de garantir a integridade estrutural dos tecidos. Geralmente é encontrado nos tecidos conjuntivos do corpo, como tendões, ossos, pele, veias, músculos, dentes e na camada córnea dos olhos. Na literatura médica existem 27 tipos de colágenos.

 

Homens e mulheres utilizam a suplementação de colágeno pela procura da beleza e juventude, com o intuito de reestabelecer e manter a pele sadia. Existem diversos tipos de formatos de colágeno, em pó, liquido ou em goma. 

 

Mas não se sabe quanto de colágeno é absorvido, assim como se ele realmente irá estimular a síntese de um novo colágeno, mas os aminoácidos presentes irão trazer algum tipo de benefício, podendo variar, sem esperar um benefício específico, podendo atuar tanto nas fibras musculares, melhora da pele, tendões, entre outros. 

 

O colágeno utilizado pela população geralmente é o hidrolisado, podendo contribuir para a firmeza cutânea, tratamento da osteoporose, acolhimento dos prejuízos das articulações e prevenção do envelhecimento. 

 

Com o aumento da idade possui uma diminuição brusca da produção de colágeno, em que a pele perde a sua estrutura, com sua integridade enfraquecida, com surgimento de rugas. Nas mulheres há uma redução na produção do colágeno após a menopausa, em que depois dos 60 anos é normal um declínio na produção de colágeno. 

 

Para melhor absorção do colágeno, é importante que se tenha consumo de vitamina C associada, tornando mais facilitada a absorção do mesmo.

 

Não é recomendada a utilização de colágeno hidrolisado para pessoas que possuem algum tipo de doença renal e hepática que possuem níveis elevados de ácido úrico, em que o excesso de colágeno é excretado em forma de uréia.

 

Para manter os bons níveis de colágeno no organismo é importante ter uma alimentação saudável e variada. De nada adiantará chegar aos 40 anos e começar a utilizar a suplementação de colágeno visando a melhora de certos aspectos, como de pele ou prevenção do envelhecimento, se não houve cuidados ao longo da vida. Por isso, mantenha uma alimentação adequada e pratique atividade física!

 

Para maiores informações, consulte minha página no Facebook ou instagram, Everlin Massing, até a próxima!

 

 

Fonte

GERMANO, Maria da Conceição Matos; et al. COLÁGENO E OS BENEFÍCIOS PARA PELE. Mostra Científica da Farmácia, 10. Quixadá: Centro Universitário Católica de Quixadá, 2016.

 

MARTINS, Francisco Isaque; et al. COLÁGENO HIDROLISADO: BENEFICIOS DO USO ORAL. Mostra Científica da Farmácia, Unicatólica, v. 5, 2018.

 

SILVA, Tatiane Ferreira da; PENNA, Ana Lúcia Barretto. Colágeno: Características químicas e propriedades funcionais. Rev Inst Adolfo Lutz. 71(3):530-9, 2012.