Quando uma pessoa abre mão de suas metas, a vida torna-se, para ela, um pássaro de asas quebradas, sem condições de voar. As metas fortalecem a alma e abre espaço para a vida interior. Com objetivos claros e definidos, podemos alcançar qualquer destino à nossa frente, pois a meta é uma seta apontada para o futuro, porém o que às vezes falta é o alvo que direciona esta meta em sua chegada, bem como o passo inicial para o seu arremesso. Sabem por que muitos não estabelecem metas em sua vida ou em seus negócios? Porque têm medo de cumpri-las.

 

Os grandes conquistadores só chegaram ao topo da montanha graças à capacidade que tinham de estabelecer metas e acreditar na possibilidade de sua concretização. Quanto maior é a capacidade de redigir as metas, maior também será o resultado. Quanto menor a capacidade de se esforçar com as metas, igualmente menor será o resultado.

 

Quando temos um sonho visionário, ao despertar pela manhã, devemos torná-lo, imediatamente, em um ideal, em um objetivo concreto e mensurável, depois, é preciso ir à luta e fazer acontecer, sem temer os desafios, porque mesmo os objetivos aparentemente impossíveis, por meio da crença e do esforço pessoal tornam-se possíveis de atingir os resultados previstos. Como diz a citação de David Star Jordam: “o mundo se afasta e dá passagem para quem sabe a onde vai.”

 

O sucesso pertence a poucos, talvez menos de 10% da população que acredita no valor do estabelecimento de metas e não se deixa levar por pensamentos alheios, os chamados de “urubus de plantão”, que desfocam o intento de quem segue rumo ao futuro por meio de suas metas.

 

Toda a vez que vamos começar algo novo, fora dos padrões tradicionais, sempre haverá alguém dizendo que “isto é improvável”, que “não dará certo”, pois “não é comum alguém ter esta visão”. Não se pode deixar envolver pelos “urubus de plantão”, pois, na verdade, eles não querem o nosso sucesso.

 

Nunca esqueça que você é do tamanho de suas metas. Agora que já leu esta mensagem, organize seus pensamentos de forma a acordar pela manhã com uma grande meta na cabeça... E deixe de reclamar da vida.

 

Até a próxima!