O retorno financeiro conquistado pelo projeto de reciclagem do lixo — desenvolvido por alunos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) de Passos Maia — já foi convertido na compra de uma máquina de costura. A ação é realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Social do município.

 

Adquirida por quase R$ 700, a máquina servirá para a confecção de materiais aos próprios estudantes, além da prática de atividades monitoradas por uma instrutora. “Essa máquina já era um objetivo desde o início do nosso projeto. Acreditamos que ela só virá a contribuir nas atividades que realizamos nos polos”, comemora a psicóloga Eliane Rigo Mezalira, autora do projeto.

 

As coletas dos materiais recicláveis envolvem cerca de 150 estudantes dos quatro polos do SCFV, na cidade e no interior. A ação segue até o final do ano. “Que os pais continuem incentivando as crianças e auxiliando na separação dos materiais recicláveis que são produzidos nas residências”, orienta Eliane.

 

São recolhidos materiais em alumínio, plástico, papel e ferro. Os alunos inclusive recebem uma pontuação de acordo com o volume coletado. Os pontos levarão os estudantes a conquistas no final do ano, com a turma líder ganhando uma visita ao shopping, com cinema, e à Arena Condá em Chapecó. Também serão premiadas as equipes que ficarem em segundo e terceiro, com cinema no shopping e pizza, respectivamente.

 

“O mais importante disso é que a gente está dando uma destinação certa para o lixo. Porque o lixo que sai de casa nem sempre vai para o lixo correto, vai para o mundo, está poluindo. Dessa mineira a gente está fazendo a nossa parte. Isso vai criando nas nossas crianças um amor pelo planeta”, avalia a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Vanessa Sppada.

 

Fonte: Assessoria