Um grupo de mulheres do interior de Passos Maia aprendeu nesta semana novas técnicas de processamento da carne de frango em um curso realizado ao longo de dois dias. As atividades aconteceram no Assentamento Zumbi dos Palmares, envolvendo também moradoras dos Assentamentos 20 de Novembro e 29 de Junho.

 

Ministrado pelo Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), por meio de uma parceria entre a Secretaria de Agricultura de Passos Maia e o Sindicato dos Produtores Rurais de Ponte Serrada, o curso instruiu as participantes sobre o manuseio da carne e a fabricação de produtos como lombo desossado recheado, coxa desossada recheada, hambúrguer, bife empanado, espetinho e linguicinha.

 

O instrutor Lineu Luiz Surdi instruiu as participantes em cada passo. Em uma avaliação positiva, disse que o grupo assimilou bem os ensinamentos. “Muito bom trabalhar com essas mulheres. Elas se interessaram bastante em buscar novos conhecimentos, não só na preparação de pratos diferentes, mas também na preparação de produtos com qualidade para colocarem na mesa dos familiares”.

 

Entre as alunas, Élia Betkowski, do Assentamento 20 de Novembro, vai para casa satisfeita com o que aprendeu. Na avaliação dela, os dois dias de curso valeram a pena. “A gente aprendeu receitas novas, novas técnicas, coisas que eu não sabia. A carne de frango já é bem versátil, e agora com essas novas receitas, fica melhor o preparo”.

 

A parceria entre Senar, Secretaria de Agricultura de Passos Maia e Sindicato dos Produtores Rurais de Ponte Serrada já foi responsável pela realização de dezenas de curso em Passos Maia. Os próximos serão operação de roçadeira, no Assentamento 13 de Junho, nos dias 29 e 30 de julho, e revisão de colheitadeiras, em outubro.