Os cães de ruas de Xanxerê, no Oeste do estado, estão recebendo coleiras que refletem a luz de carros, para evitar que os animais sejam vítimas de acidentes. Por ano, são distribuídas cerca de 300 faixas reflexivas.

 

"A gente percebeu que poderia ser bem útil no meio do trânsito. O intuito é de visualização desses cães por parte do motorista, que ele consiga desviar ou parar para evita um acidente", explica o zootecnista e adestrador de cães, Vagner Pacheco Oliveira.

 

As coleiras ficam no carro dele e sempre que encontra um animal pela rua, coloca neles. As faixas são confeccionadas pela mãe do zootecnista, que mora em Pelotas (RS) e é costureira. Ela manda para ele pelos Correios. São feitas de duas partes de tecido, que quando unidas, se encaixam e não apertam, podendo ser retiradas facilmente.

 

"Os lares temporários estão esgotados. Não têm mais onde colocar esses animais. A gente precisa cuidar desses que andam na rua", defende Vagner.

 

G1/SC